PROGRAMAÇÃO: SEGUNDA A SEXTA: 0H ÀS 3H- DANCE NIGHT, 3H ÀS 8H- PILOTO AUTOMÁTICO, 8H ÀS 9H -FADO E A GUITARRA, 9H ÀS 11H- BOM DIA VALPAÇOS, 11H ÀS 12H- RITMO BRASIL, 12H ÀS 12.30H- 30 MINUTOS DE FADO, 12.30H ÀS 14H- PORTUGAL EM GRANDE, 14H ÀS 16H- RECORDAR, 16 ÀS 18H- TARDES COM RITMO, 18H ÀS 20H- NON STOP MUSIC, 20H ÀS 22H- ROMANTIC LOVE, 22H ÀS 0H- PELA NOITE DENTRO; www.valpacosonlineradio.blogspot.com SÁBADOS: 0H ÀS 3H - DANCE NIGHTS, 3H ÀS 8H- PILOTO AUTOMÁTICO, 8H ÀS 9H: FADO E A GUITARRA, 9H ÀS 11H- BOM DIA VALPAÇOS, 11H ÀS 12H- RITMO BRASIL, 12H ÀS 12.30- 30 MINUTOS DE FADO, 12.30H ÀS 14H- TARDE LATINA, 14H ÀS 16H- KIZOMBA, 16H ÀS 18H- TARDE LATINA, 18H ÀS 20H- PORTUGAL EM GRANDE, 20H ÀS 22H- ROMANTIC LOVE, 22H ÀS 0H- NIGHT DANCE; VALPAÇOS ONLINE RÁDIO - AQUI A MÚSICA NÃO PÁRA DOMINGO:0H ÀS 3H - DANCE NIGHTS, 3H ÀS 8H- PILOTO AUTOMÁTICO, 8H ÀS 9H: FADO E A GUITARRA, 9H ÀS 11H- BOM DIA VALPAÇOS, 11H ÀS 12H- RITMO BRASIL, 12H ÀS 12.30- 30 MINUTOS DE FADO, 12.30H ÀS 14H- TARDE LATINA, 14H ÀS 16H- SEMPRE EM CIMA, 16H ÀS 18H- TARDE LATINA, 18H ÀS 20H- PORTUGAL EM GRANDE, 20H ÀS 22H- ROMANTIC LOVE, 22H ÀS 0H- NIGHT DANCE www.valpacosonlineradio.blogspot.com

sábado, 11 de dezembro de 2010

Informação

Informamos todos os ouvintes da VALPAÇOS ONLINE RÁDIO que o blog continuará activo, mas sem actualizações, a página principal da sua rádio é:

www.valpacosonlinradio.pt.vu


Desde já o nosso muito obrigado por estar desse lado


VALPAÇOS ONLINE RÁDIO - AQUI A MÚSICA NÃO PÁRA

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

NOVIDADE DE ÚLTIMA HORA

A VALPAÇOS ONLINE RÁDIO surgiu no dia 7 de Setembro de 2010 através da criação de um blog (VALPACOSONLINERADIO.BLOGSPOT.COM), para a divulgação de notícias da região e emissão de uma web rádio gratuita, apenas com 8 horas de emissões.

Com o passar o tempo, a VALPAÇOS ONLINE RÁDIO ficou a ser bastante conhecida, inclusive em dois meses teve mais de 1000 ouvintes.

Depois destes resultados positivos obtidos em 2 meses, a 25 de Novembro de 2010 decidiu-se partir para uma coisa mais avançada, alugando um servidor de rádio, onde a emissão passou a ser de 24 horas por dia, e criar um próprio site que irá possibilitar a todos os visitantes um melhor ambiente.

A cada dia inovando e trazendo novidades, sempre para garantir uma óptima satisfação ao ouvinte.

Sem contar que dispomos de uma óptima equipa de locutores, todos dedicados ao que fazem, e sempre com um objectivo, a cada dia levar até vocês as ondas electrizantes das melhores músicas.


NOVO SITE: www.valpacosonlineradio.pt.vu


O Nosso muito obrigado por estar desse lado.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

NATAL / ANO NOVO

ENTROU HOJE NA PROGRAMAÇÃO DA SUA RÁDIO OS NOVOS SPOTS ALUSIVOS À ÉPOCA NATALICIA E DE ANO NOVO

BREVEMENTE MAIS NOVIDADES

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Disparou contra estudante que atravessou a passadeira devagar

A Polícia Judiciária anunciou hoje, segunda-feira, a detenção de um homem de 42 anos suspeito de tentar matar, com uma arma de e fogo e em plena via pública de Valpaços, um estudante de 20 anos.

A detenção foi efetuada pela Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real depois de o presumível autor do crime se ter colocado em fuga, tendo sido apreendida uma pistola semiautomática de calibre 7,65 em situação ilegal, um cartucho deflagrado e munições.

Segundo refere a PJ em comunicado, os factos ocorreram quando a vítima, acompanhada de dois colegas, atravessava uma passadeira em Valpaços e o arguido saiu do automóvel que conduzia protestando contra a alegada lentidão da marcha dos peões.

A troca de palavras terá dado origem a uma luta corpo a corpo, após a qual o suspeito terá voltado à viatura para se munir de uma arma de fogo, com a qual efectuou um disparo que atingiu o estudante pelas costas, de forma superficial, causando-lhe ferimentos que obrigaram a tratamento hospitalar.

Depois de ouvido em interrogatório judicial, o detido, um técnico de reparações domésticas, ficou obrigado a prestar caução de 1500 euros e de se apresentar semanalmente às autoridades.


in: JN

NOVIDADES DA SUA RÁDIO PARA BREVE

COM APENAS 2 MESES DE EXISTÊNCIA A SUA RÁDIO PREPARA-SE PARA LHE TRAZER NOVIDADES PARA ESTE NATAL. MAIS DE 1000 OUVINTES É UMA META QUE JA SUPERAMOS E COM A SUA AJUDA QUEREMOS TER MUITOS MAIS.


O NOSSO MUITO OBRIGADO POR ESTAR DESSE LADO

sábado, 20 de novembro de 2010

Rua do Olival esteve mais de dez dias sem luz pública

Os moradores e comerciantes da rua do Olival e dos becos da mesma via, em Valpaços, estiveram cerca de dez dias sem iluminação pública. Um morador garante que a avaria só foi reparada depois de “muita insistência” e da intervenção da Câmara Municipal.

De acordo com os moradores e comerciantes da rua a avaria terá acontecido entre os passados dias 4 e 5. “Primeiro, estivemos sem luz nas casas. Comunicámos a avaria e vieram compô-la, mas depois foram os candeeiros da rua que deixaram de dar”, explicou ao Semanário TRANSMONTANO o proprietário da Casa Guedes.

Para atenuar a escuridão no local, mal anoitecia, alguns moradores e comerciantes foram obrigados a ligar lâmpadas dos seus próprios estabelecimentos.

A normalidade só foi reposta na passada terça-feira de manhã, depois de um morador se ter fartado da situação e ter ligado para o próprio presidente da Câmara a dar conta da situação. As vezes que ligou para o número verde da EDP, o dono da Casa Guedes perdeu a conta. “Nunca mais me vai esquecer o número, tantas foram a vezes que liguei”, recorda. “Eles diziam sim senhor, sim senhor, vamos resolver, mas depois não resolviam nada”, conta o comerciante.

O gabinete de relações com exterior da EDP garante, no entanto, que a informação da avaria só chegou ao centro operacional segunda-feira, através da autarquia. “Quando temos conhecimento das situações, só não resolvemos se não pudermos”, garantiu a mesma fonte.

Contudo, esta não é a única falha apontada à EDP no concelho. Nas imediações da rua do Olival, a Câmara aguarda há meses que um ponto de luz seja retirado da fachada de uma casa em ruínas, que a autarquia pretende demolir, por questões de segurança.

O gabinete de relações com o exterior garante, porém, que a situação só não foi resolvida porque a primeira solução apresentada, a colocação de um poste eléctrico na rua, não foi aceite pela população. “Mas já está a ser estudada outra solução, no sentido de manter o ponto de luz, utilizado na fachada da casa em frente. Vamos andar com o processo”, garante a mesma fonte.


in: Semanário transmontano

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Energia solar vai aquecer Piscinas Municipais

No terreno já está um investimento de cerca de 50 mil euros, mas a autarquia quer mais e tem em mãos uma candidatura para redução do consumo com o aquecimento da água, através da instalação de sistemas mais eficientes.

Quem está atento à zona das piscinas municipais já consegue ver o sinal do investimento. Com vista privilegiada do Estádio da Cruz, já é visível o fruto do investimento em energias renováveis, com a instalação de dois sistemas de Microprodução através de painéis fotovoltaicos, no âmbito do programa “Renováveis na Hora”. O investimento foi de 48.500€ e tem um retorno estimado de 6 anos, através da venda da energia produzida à EDP.

O aproveitamento da energia solar térmica para aquecimento das duas piscinas municipais também vai ser a opção da autarquia de Valpaços para 2011. Os técnicos da Câmara estão neste momento a realizar uma candidatura ao QREN, para redução do consumo com o aquecimento da água, através da instalação de sistemas mais eficientes, que visam essencialmente a instalação de painéis solares na cobertura e melhoria dos isolamentos.

O projecto está orçado em cerca de 600 mil euros e as obras deverão arrancar já no próximo ano. A beneficiação amiga do ambiente surge depois de no Verão passado ter sido batido o recorde de afluência de pessoas à piscina municipal descoberta. O presidente da Câmara de Valpaços, Francisco Tavares, referiu que “por dia, as instalações chegaram a ser frequentadas por cerca de 400 pessoas, o que reflecte o interesse cada vez maior da população por este tipo de equipamentos de lazer”.

A amplitude do projecto de Eficiência Energética nas Piscinas Municipais de Valpaços deverá estar colocado em prática no decorrer do próximo ano.


in: Diário Atual

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Resultados do Fim de Semana - Equipas Concelho de Valpaços

Futsal
Nacional da 3ª Divisão - Série A
Ambos os Rios 2 vs Valpaços FC 4

AFVR - Futsal
Lebução 3 vs Bouçoais 2
Vilarandelo 8 vs Amigos da Beira Douro 4
Benfica Vila Pouca 2 vs Carrazedo de Montenegro 4

AFVR - Feminino
Alves Roçadas 9 vs Vilarandelo 0


Fut7 - Infantis
SC Vassal 0 vs Montalegre 1


Fut 11 - Juniores
Vila Real 2 vs GD Valpaços 1


Fut 11 - Séniores
Divisão de Honra
GD Valpaços 0 vs Murça 1


1ª Divisão
Terras de Montenegro 1 vs Fontelas 2

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Fim de Semana Desportivo

Este Fim de semana teremos os seguintes jogos com participação das equipas do concelho de Valpaços

Futsal
Nacional da 3ª Divisão - Série A
Ambos os Rios vs Valpaços FC (Sábado, 16h em Ponte da Barca)

AFVR - Futsal
Lebução vs Bouçoais (Sábado, 16h em Vilarandelo)
Vilarandelo vs Amigos da Beira Douro (Sábado, 19h em Vilarandelo)
Benfica Vila Pouca vs Carrazedo de Montenegro (Sábado, 18h em Vila Pouca de Aguiar)

AFVR - Feminino
Alves Roçadas vs Vilarandelo (Sábado, 17h em Vila Real)


Fut7 - Infantis
SC Vassal vs Montalegre (Sábado, 10.30h em Valpaços)


Fut 11 - Juniores
Vila Real vs GD Valpaços (Sábado, 15h em Vila Real)


Fut 11 - Séniores
Divisão de Honra
GD Valpaços vs Murça (Domingo, 15h em Valpaços)


1ª Divisão
Terras de Montenegro vs Fontelas (Domingo, 15h em Carrazedo de Montenegro)


A todas as equipas do Concelho de Valpaços, desejamos boa sorte.

Feira dos Santos é já amanhã

Este Sábado, 13, temos a feira dos santos em valpaços. É porventura a maior e a mais concorrida das feiras que se realizam durante o ano, considerada a feira d'ano. Depois da festa em Honra de Nª Srº da Saúde e da Feira do Folar, é de certeza o evento que mais pessoas trás a Valpaços. De salientar que mensalmente a cidade conta duas feiras, a treze e vinte e seis.

Trabalhadores exigem salários em atraso


Fartos de promessas não cumpridas, esta segunda-feira, 8 de Novembro, alguns trabalhadores de uma empresa de construção civil sedeada em Valpaços, barraram a saída de veículos e só deixaram o local com a chegada da GNR.

Dizem que a empresa está em “estado de coma há muito tempo, mas ninguém desliga a máquina”. Têm vários meses de salários em atraso e suplementos, mas já não acreditam no que diz a administração que “antes pagavam às pinguinhas, agora dizem que é para semana, e depois para a outra, mas nunca paga”, referiu Miguel Cunha, um dos trabalhadores lesados, que já laboravam com membros da administração há cerca de 15 anos, desde o tempo em que a empresa nasceu, na Alemanha.

Segundo os manifestantes, há cerca de um ano eram aproximadamente quarenta funcionários, incluindo os administrativos, hoje são pouco mais de uma quinzena. “Não pagaram indemnizações a ninguém. Já disseram que não pagariam e alguns já foram para casa à espera da reforma, outros já arranjaram trabalho noutro sítio, outros estão à procura de emprego”, comentou o ex-trabalhador da Flaviconstrói.

A administração da empresa é acusada de má fé e de não dar aos trabalhadores o que têm direito, sendo que a maior parte deles tem, como o comum dos portugueses, empréstimos bancários e outras despesas mensais, que dependem dos seus ordenados.

Problema já se arrasta há um ano

Os trabalhadores já sentem dificuldades há algum tempo, quando os ordenados deixaram de ser pagos todos de uma vez, mas às prestações, e os subsídios eram pagos, quando eram, meses depois. “A quem reclamava pelos seus direitos pagavam ainda mais tarde como forma de retaliação. Chegou a haver situações em que diziam a um trabalhador que tinha férias para gozar, depois ele gozava-as e quando chegava apresentavam-lhe a carta de despedimento por faltas injustificadas. As pessoas são simples e acreditavam neles”, referiu o ex-trabalhador.

As previsões de falência foram ainda mais evidentes quando alguns trabalhadores, fornecedores e outras entidades valpacenses receberam uma carta anónima, com fotocópias de documentos, que davam conta dos mesmos administradores a constituírem uma outra empresa, com o nome de Valgaia, em Abril passado, com sede em Bragança. Esta seria, segundo os trabalhadores, a forma encontrada para não pagar as dívidas à segurança social, instituições bancárias, finanças, fornecedores, entre outros. A referida empresa foi constituída, segundo o documento, “como sociedade anónima, em nome de familiares dos actuais proprietários da Flaviconstrói, incluindo filhos menores de idade, com o objectivo de transferir todos os bens de uma empresa para a outra”.

As dívidas para com os trabalhadores podem rondar os milhares de euros, mas ao que se conseguiu apurar as dívidas para com os fornecedores são bastante maiores, e os trabalhadores não entendem como não há dinheiro para os pagamentos. “Têm imóveis em Valpaços, Chaves, Carrazedo de Montenegro e Vinhais, compravam veículos e materiais. Trabalho nunca nos faltou. Acabávamos uma obra, íamos logo para outra. Que fizeram ao dinheiro?”, questiona Miguel Cunha.

Para ajudar a empresa, “tirá-la do buraco”, segundo explicou o ex-trabalhador, foi até criado um “banco de horas”, em que cada trabalhador laborava uma hora a mais por dia e depois essas horas podiam converter-se em dias de folga ou pagas, mas “nós fizemos a nossa parte, mas eles não fizeram a deles”, referiu. Na alimentação também há queixas: “nós adiantávamos o dinheiro, pagávamos do nosso bolso o almoço que poderia ser de 6 euros ou mais. Eles, quando pagavam, e tardiamente, pagavam a 5,50 euros, mas se pelo menos fosse a horas”, explicou o ex-funcionário.

A administração queixa-se, segundo os funcionários, que as entidades para as quais prestaram serviços não liquidaram as contas, tais como autarquias. Contactada pel’ A Voz de Chaves o autarca valpacense, Francisco Tavares, garantiu que “as contas para com a Flaviconstrói estão em dia, sobretudo a mais significativa, resultante da construção da biblioteca municipal, no valor de cerca de um milhão de euros. Poderá haver alguma dívida, mas pouco significativa”.

A administração, esta segunda-feira, enquanto ex-trabalhadores e GNR se encontravam na sede da empresa, prometeu que o problema seria resolvido esta semana, mas até ao fecho desta edição não nos foi possível saber se cumpriram com a promessa.

A Voz de Chaves tentou chegar à fala com algum responsável da empresa, mas nem sequer conseguiu falar com nenhum funcionário administrativo porque apesar das várias tentativas de chamadas, nenhuma foi atendida.


in: Diário Atual

2 milhões e meio para Centro histórico


Depois de praticamente concluída a Biblioteca Municipal, já iniciaram os trabalhos de demolição de casas degradadas para dar nova cara ao Centro Histórico da Cidade de Valpaços, num investimento de dois milhões e meio de euros.


Já está em curso um dos projectos mais emblemáticos dos últimos anos na cidade valpacense. Depois da reconversão do antigo edifício dos serviços florestais na futura Biblioteca Municipal, a fase seguinte prepara-se para derrubar estruturas velhas e dar nova vida ao Centro Histórico.

“A preservação do centro antigo de Valpaços sempre constituiu uma preocupação constante para o Município de Valpaços, pois trata-se de uma zona da cidade que se distingue não só pelo património histórico, cultural e edificado, mas também pelas suas gentes e vivências. É um autêntico repositório da identidade e da memória colectiva”, comentou o Presidente da Câmara Municipal de Valpaços, Francisco Tavares, orgulhoso e satisfeito por ver o andamento das obras.

Num investimento que ronda os 2 milhões e 500 mil euros, será dada uma nova dinâmica à cidade e às artérias do centro histórico em concreto, dando-lhe qualidade urbana e melhorando todas as infra-estruturas públicas.

Um dos objectivos do projecto prende-se também com a necessidade de atrair gentes e turistas ao centro histórico, onde se concentra, como o próprio nome indica a história de toda uma população, de toda uma cidade, de todo um concelho.

Trata-se do Projecto de Regeneração e Revitalização do Centro Antigo da Cidade de Valpaços, que quer preservar valores culturais, históricos, ambientais e urbanísticos característicos daquele núcleo específico.

Numa outra fase, pretende-se a intervenção nas cerca de 300 fachadas de edifícios que compõem aquele aglomerado

Recorde-se que a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) aprovou, no ano passado, o investimento de 118,5 milhões de euros para a regeneração de pequenos e médios centros urbanos. Desse valor, 83 milhões de euros são provenientes de fundos estruturais disponíveis no Programa Operacional Regional do Norte. A iniciativa abrange 49 projectos referentes à recuperação de centros históricos, frentes ribeirinhas e parques urbanos de pequenos e médios centros urbanos no Norte do País, ou seja, com menos de oito mil eleitores.



in: Diário Atual

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

GNR prende alegado traficante em Valpaços

A GNR deteve ontem ao fim da tarde um indivíduo de 42 anos em Valpaços, por posse de armas proibidas e tráfico de estupefacientes.


Após uma busca domiciliária em Santa Valha no concelho de Valpaços a GNR deteve o indivíduo, tendo apreendido mais de meio quilo de cannabis em folhas secas já acondicionadas para venda, quatro plantas de cannabis com cerca de 1,5 de altura e em fase de secagem, um revolver calibre 22, uma pistola 6,35 e 17 munições.


O arguido ficou sujeito a termo de identidade e residência.





in: CIR

Dia do Município premeia melhores alunos

No feriado municipal as portas da autarquia abriram-se para assinalar o Dia do Município, que se comemora a 6 de Novembro.

A Banda Municipal de Valpaços, uma presença assídua neste tipo de comemorações, brindou alguns populares, responsáveis de entidades e executivo camarário, enquanto se hasteava a bandeira.

Seguidamente foram entregues os Prémios Município de Valpaços, no salão nobre. Do 9.º ano de escolaridade receberam o prémio de melhor aluno Leandro Pereira, da EB 2/3 Júlio do Carvalhal, Miguel Lavrador, da Escola Secundária/3 de Valpaços, e Vera Santos, da EB 2/3 José dos Anjos.

Já do 12.º ano de escolaridade recebeu o prémio de melhor aluna Vanessa Rocha. Cada um deles, além de um Diploma de mérito, receberam um cheque no valor de 250 euros.

Durante a cerimónia, Francisco Tavares lembrou Alfredo Pinto (professor já falecido) que, enquanto vereador municipal propôs a atribuição dos referidos prémios, que na sua opinião “premeiam o mérito e esforço dos alunos valpacenses”.

Francisco Tavares fez questão de frisar ainda a simbologia do Dia do Município, que “é um dia de afirmar a nossa identidade e a forma de estar na comunidade. Um dia para valorizar os nossos produtos, mas também a existência das pessoas no meio em que estão inseridas”.

Além da Feira da Castanha, que decorreu no passado fim-de-semana, o Dia do Município pôde contar também com a visita do Bispo de Vila Real, D. Joaquim, que foi recebido pela Fanfarra dos Escuteiros de Valpaços, cerca das 15 horas, seguindo-se, depois, a eucaristia onde seriam celebrados os crismas.

in: Diario Atual

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Hospital está a ficar sem remédios e já não paga a médicos

A empresa que gere o Hospital de Valpaços, a Lusipaços, lançou um grito de alerta público sobre a iminência de encerramento da unidade, na sequência do conflito que mantém com a Santa Casa da Misericórdia local, a proprietária do hospital.

"Na semana passada já não tínhamos produtos farmacêuticos básicos e fundamentais, como antibióticos, e há médicos sem receber há meses", admitiu um dos sócios da Lusipaços, o espanhol José Ignácio Lopes.

Na origem da asfixia financeira estará o alegado incumprimento da Misericórdia na transferência regular das verbas relativas ao Sistema Nacional de Saúde (SNS) para a Lusipaços. Apesar de ser privado, o hospital de Valpaços funciona como se fosse público, graças ao acordo que a Misericórdia mantém com a Administração Regional de Saúde. E, por isso, é na conta da Santa Casa que são depositadas as comparticipações do Estado relativas aos doentes do SNS. "Não sei se o atraso é da Administração Regional de Saúde se é da Misericórdia, o que sei é que não estamos a receber com a periodicidade de antes", garantiu José Ignácio, revelando que, no final de Setembro, a dívida da Misericórdia à empresa ascendia aos 1,1 milhões de euros.

O JN tentou ouvir o provedor da Misericórdia sobre o conflito, que, para já sem sucesso, está a ser mediado pelo presidente da Câmara. No entanto, Eugénio Morais não quis comentar o assunto, remetendo explicações sobre as "ilegalidades" da Lusipaços para ocasião "oportuna".


in: JN

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Adega Cooperativa de Valpaços - Expansão internacional na mira




Luís Sousa, o presidente da direcção, fala da casa de dois mil associados, que esta época colheram mais de 4 milhões e meio de quilos de uvas.



Qual o balanço que faz das vindimas de 2010?

O balanço é bom. A época correu muito bem. A vindima pautou-se por muita disciplina, como tem sido nos últimos anos e nem outra coisa se poderia esperar dos nossos associados. Houve um aumento significativo da produção, que rondará os 15%, o que contrariou as nossas expectativas, porque ainda temos vinho em stock e esse factor aumenta as nossas dificuldades de escoamento. Os agricultores que outrora faziam vinho para casa ou até vendiam sem sair de casa, este ano também se depararam com dificuldades em escoá-lo e vieram trazê-lo à cooperativa.


A razão poderá estar nas exigências do consumidor e do mercado em geral?

A lei sempre existiu, embora as autoridades competentes não a tenham feito valer ao longo do tempo. A fiscalização esteve sempre aquém, porque não eram pagas taxas e impostos, ao contrário desta casa que além de tudo isso tem postos de trabalho e responde economicamente por muitas famílias deste concelho.

Também é verdade que temos um consumidor cada vez mais esclarecido e consome vinhos rotulados, que pressupõem certificados de origem e de qualidade.


“JOVENS DEVERIAM BEBER MAIS VINHO”


A que se devem os problemas de escoamento?


Sobretudo à mais que falada crise, que efectivamente afecta o sector primário, a agricultura, e em particular o sector do vinho que não é hoje um bem de primeira necessidade, como no passado. A dona de casa, quando vai às compras, põe em último lugar o vinho.

Os hábitos no consumo do vinho têm vindo a perder-se, os jovens optam por bebidas brancas, apesar de muitos deles se terem formado, na nossa região, como costumo dizer, à custa do resultado do vinho.

Infelizmente, ao contrário de muitas cidades e países europeus, nós não mantemos a tradição e hábito de o beber. É habitual em Espanha, por exemplo, até as senhoras num café beberem um copo de vinho e aqui as pessoas têm um pouco de vergonha. Além do mais, as autoridades também fiscalizam cada vez mais e já não se pode beber como antes, sobretudo se se vai conduzir.

Contudo, a nível de exportações estamos a aumentar as nossas vendas internacionais, e acreditamos que dentro de pouco tempo possamos aumentar ainda mais a exportação. França é um dos principais países que consomem o nosso vinho, devido também ao elevado número de emigrantes que lá temos, mas exportamos também para o Reino Unido, Suíça, Luxemburgo, Estados Unidos, Angola, que é um mercado onde poderemos expandir brevemente. Os vinhos DOC’s e Regionais são os mais vendidos.



Nota-se um aumento no concelho do número de vitivinicultores/engarrafadores. Foi afectada de alguma forma a acção desta cooperativa?

São mercados diferentes e desde que sejam vinhos de qualidade, sob as orientações da Comissão Vitivínicola de Trás-os-Montes, só temos a ganhar, porque também eles são embaixadores daquilo que de melhor tem o nosso concelho e é o bom nome de Valpaços e do vinho de Valpaços que é divulgado.

Não há qualquer dificuldade em termos de acção da adega em relação a qualquer actividade que possam desenvolver. Têm surgido alguns produtores particulares e ainda bem. É necessário que se entenda que um sector da mesma região tem de estar de braços dados para que as coisas corram da melhor maneira. Todos nós temos obrigação de trabalhar para que as coisas funcionem e que a região se torne cada vez mais competitiva.


“SÃO PEDRINHO É JÁ UMA REFERÊNCIA”


Como tem sido a aceitação do vinho espumante da Adega Cooperativa de Valpaços?

Excelente. Quisemos que o espumante fosse um produto de referência e com isso alargar a nossa oferta de produtos. Não era nossa intenção vender grandes quantidades, mas vender um produto de qualidade, diferente. Temos um espumante de uma monocasta com características excepcionais. O consumidor quando prova o nosso vinho espumante gosta e fica admirado.

Em termos de perspectivas, acredito que é um produto com sucesso, com tendência a crescer, tanto que não fazendo em grandes quantidades, esgotou nos últimos dois anos. A tendência é para crescer.

Temos ainda o espumante tinto que é mais recente e no qual houve também o cuidado de seleccionar as melhores uvas para a elaboração do mesmo. O feedback que temos é que muitos consumidores dizem que é uma das referências do mercado, é um produto de eleição e acreditamos que futuramente tenha o escoamento que desejamos.

A aceitação do mercado superou as nossas expectativas. Este ano fizemos maior quantidade e temos a certeza que não vamos ficar com ele.

A minha principal preocupação é que a aposta que os associados fizeram nas castas seleccionadas de suporte ao espumante seja merecedora, porque penso que o espumante vai ser uma verdadeira referência nesta casa. A nossa dificuldade é, talvez, ainda, não ter matéria prima suficiente para atingirmos os patamares que desejaríamos.


O vinho de Valpaços continua a ser premiado…


Tivemos oito medalhas no Master Challenge, uma de ouro, duas de prata e cinco de bronze. Todos os vinhos que mandámos para o concurso foram premiados, o que nos traz responsabilidades acrescidas. Quando mandamos vinho para os concursos temos quase a certeza que algum prémio vem, foi sempre assim. No futuro, com as condições de vinificação que temos, com tecnologia de ponta que adquirimos, que foi um grande investimento, aliada à colaboração dos nossos associados, com certeza que conseguiremos trabalhar mais e melhor.

Quem visita a nossa casa fica maravilhado com as nossas condições.


Quais são as apostas desta casa neste momento?

A nossa principal aposta é a comercialização. Todas as portas que se vão abrindo vão sendo agarradas com algum cuidado, com o intuito de alcançar sempre mais um bocadinho. A única dificuldade que esta casa tem é o escoamento dos produtos, mas as perspectivas conduzem a uma aposta cada vez maior na comercialização internacional.


De que resulta a associação de Nadir Afonso ao vinho valpacense?

O vinho, só por si, é um produto nobre e foi sempre associado a grandes artistas. Registamos uma marca denominada de “Artistas Transmontanos” e solicitámos a colaboração de alguns artistas, que não disseram que não, mas até à data foi Nadir Afonso que se disponibilizou e fez um quadro, que reflecte na sua óptica a cidade de Valpaços. Foi uma aposta que teve um impacto grande e ele quis homenagear-nos e gostaríamos que outros artistas transmontanos abraçassem esta causa, que é sempre uma ajuda preciosa para ajudar, não só mas também, na internacionalização.


Há uma tendência para pequenos viticultores arrancarem as vinhas?

Nos últimos anos tem havido grandes incentivos à reconversão. Pena é que muitos viticultores não tenham feito essa aposta porque reconversão reverte também na qualidade. Deve-se também à redução de custos, que para o agricultor é uma preocupação constante. Os factores de produção são elevadíssimos e atingiram proporções que não são desejadas.

As vinhas velhas, com áreas pequenas, não possibilitam a utilização de certa maquinaria porque hoje já não se lavra com animais e além disso, para além de terem variadas castas que já não predominam na nossa região, não correspondem aos parâmetros desejados. As áreas pequenas, só por si não têm a rentabilidade desejada, por isso o pequeno viticultor ou pequenas vinhas têm tendência a desaparecer.

Contudo, o que acontece no vinho, acontece noutros produtos. O agricultor tem, cada vez mais, dificuldades, com a enchente de produtos que vêm do estrangeiro e que são vendidos nas grandes superfícies, onde há muito poucos produtos Made in Portugal.

No passado, tudo o que se produzia, vendia-se. Actualmente as áreas aráveis estão a desaparecer para dar lugar a mato.


Foi recentemente inaugurado o nó de acesso a Rio Torto. Veio beneficiar a cooperativa?

Era uma via desejada há muito tempo e foi uma boa iniciativa da autarquia. Os agricultores andam meia dúzia de quilómetros em detrimento de algumas dezenas e só traz vantagens em termos de custos e tempo. É de todo desejável que não se criem dificuldades aos agricultores e os acessos devem ser uma prioridade para minimizar os custos. Utilizam aquela via alguns dos nossos associados e posso dizer que produzem bom vinho.
in: Diário Atual

Feriado Municipal - 6 de Novembro


quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Universidade Sénior reabre para o quarto ano lectivo



Pintura, Decoração, Informática I e II, Hidroginástica e Fotografia Digital são as disciplinas que juntamente com várias actividades e workshops pretendem “ocupar com aprendizagens os alunos valpacenses”.

No passado sábado, Monsanto Glória, Presidente do Rotary Club de Valpaços para o ano rotário 2010/2011, e Maria José Medeiros, Coordenadora da Universidade Sénior de Valpaços, deram o arranque oficial do ano lectivo, numa instituição que funciona pelo quarto ano consecutivo.

No dia em que o Rotary Club de Valpaços publicou a primeira edição do seu boletim trimestral, onde pretende divulgar os objectivos e actividades, Monsanto Glória relembrou o lema do que chamou de família: “o que nos move, a todos nós, é algo sem qualquer interesse pessoal. O que pretendemos é dar algo de nós próprios a todos vocês, alunos”.

Reforçando o ideal de servir a comunidade, o presidente rotário lembrou todos aqueles que participam no projecto em torno de uma meta, desde rotários, formadores e alunos, salientando a cooperação do clube com a Liga dos Amigos das Crianças – Unidos por um Sorriso, “que merece a atenção e o apoio de todos”.

Por sua vez, Maria José Medeiros anunciou as actividades estabelecidas para o primeiro trimestre do ano lectivo, muitas delas viradas para a comunidade em geral, para que se possa reforçar “o espírito de convivência e solidariedade humana, num ambiente de conhecimento geral, lúdico”.

O Rotary Club de Valpaços comemora em Junho de 2011 cinco anos de existência e a Universidade Sénior Rotary de Valpaços, que surgiu como um serviço de cultura e de ocupação dos tempos livres, em regime de voluntariado, avança para o seu quarto ano lectivo em funcionamento para, conforme referiu Maria José Medeiros, “dar soluções às pessoas que vendo declinar a vida, não tinham motivos de interesse, que não fosse só a sua sobrevivência.”


in: atual

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

ULTIMA HORA - Corpo resgatado em Andorra



As autoridades de Andorra resgataram ontem, ao final da manhã, o corpo de um homem do rio Escaldes, que suspeitam ser o do português desaparecido há três semanas naquele território.

Foi um turista francês que acabou por descobrir o corpo – pelo seu estado já estaria há vários dias na água – por baixo de uma ponte, junto a uma creche e escola. Pela descrição que foi feita há três semanas, quando foi noticiado o desaparecimento de Armando Lopes, de 49 anos, tudo indica tratar-se do português natural de Valpaços.

A polícia já contactou familiares de Armando Lopes para irem identificar o corpo à morgue.

in: CM

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Encontro da Blogosfera - Dia 20 em Valpaços


Novo treinador do Valpaços FC

A direcção do VALPAÇOS FUTSAL CLUBE, vem por este meio informar que o Pedro Feitais é o novo treinador da equipa.

Pedro Feitais é professor de Educação Física em Vila Real, já orientou a equipa do Bairro Latino (Distrital de Vila Real) e no ano passado esteve na equipa técnica da equipa da UTAD/Realfut (1º Divisão Futsal).

Juntamente com o Pedro Feitais, regressa António Lage e Jorge Ribeiro a equipa técnica do clube mas desta vez como treinadores adjuntos.

A nova equipa técnica já orientou o treino do dia de hoje, e já começa a preparar o jogo frente a equipa de Carrazeda de Ansiães.


Resultados do fim de semana desportivo

Futsal Feminino:
Taça da AFVR

Diogo Cão-6 CP Vilarandelo-2


Futsal Masculino
Campeonato da AFVR

Carrazedo de Montenegro-10 Amigos da Beira Douro-3

Benfica de Vila Pouca-10 ACRS Sr. Bom Caminho-0

Vilarandelo-5 Hoquei Flaviense-0

Lebução-4 Montalegre-4


Futebol Sénior:
1ª Eliminatória da Taça da AFVR

Colmeia-2 GD Valpaços-1

Terras de Montenegro-1 Cerva-4


Futebol Junior:
Campeonato Distrital da AFVR

Chaves-6 Valpaços-0

domingo, 31 de outubro de 2010

NIC detém homem em Ladário (Valpaços)

O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Destacamento Territorial da GNR de Chaves anunciou a detenção de um homem, na localidade de Ladário, concelho de Valpaços, por posse de produtos estupefacientes.

Na sequência da busca domiciliária realizada a casa do suspeito, os elementos do NIC apreenderam 9, 5 gramas de heroína, 4, 1 gramas de sementes de cannabis, duas balanças digitais de precisão, vários recortes de plástico com resíduos de droga, quatro telemóveis e 380 euros em notas.

Para além disto, os militares desta força policial apreenderam ainda vários objetos provenientes de furto cujo inquérito está a cargo do Posto Territorial de Valpaços.


in: TVS

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Fim de semana desportivo

Este fim de semana disputa-se mais uma jornada desportiva.

Futsal Feminino:
Taça da AFVR

Diogo Cão vs CP Vilarandelo (30/10 pelas 17.00h em Vila Real)


Futsal Masculino
Campeonato da AFVR

Carrazedo de Montenegro vs Amigos da Beira Douro (30/10 pelas 18h em Carrazedo de Montenegro)

Benfica de Vila Pouca vs ACRS Sr. Bom Caminho (30/10 pelas 18h em Vila Pouca de Aguiar)

Vilarandelo vs Hoquei Flaviense (30/10 pelas 18.30h em Vilarandelo)

Lebução vs Montalegre (31/10 pelas 16h em Vilarandelo)


Futebol Sénior:
1ª Eliminatória da Taça da AFVR

Colmeia vs GD Valpaços (31/10 pelas 14.30h, Colmeia)

Terras de Montenegro vs Cerva ( 31/10 às 14.30h em Carrazedo de Montenegro)


Futebol Junior:
Campeonato Distrital da AFVR

Chaves vs Valpaços (30/10 pelas 15h, Chaves, Campo de treinos relvado)

SC VASSAL E "OS VALPACINHOS" CONVIDADOS PARA INAUGURAÇÃO DA ESCOLA GERAÇÃO BENFICA DE CHAVES

A Escola da Futebol "Os Valpacinhos" e o Sport Clube de Vassal estarão presentes no próximo sábado, 30 de Outubro, em Chaves para a inauguração da Escola Geração Benfica daquela Cidade. As crianças poderão conviver e realizar vários jogos entre os escalões etários das 3 escolas. As actividades terão início às 14h30 na Escola Nadir Afonso em Chaves.





in: http://www.arsports.pt/ e http://www.scvassal.blogspot.com

Água também dá problemas em Valpaços

...


No concelho de Valpaços, o presidente da Câmara também se confronta com o problema do preço da água pago às Águas de Trás-os-Montes pela captação construída no rio Rabaçal. O assunto tem, aliás, gerado acesa polémica em sede de Assembleia Municipal, entre o presidente da Câmara, o social-democrata Francisco Tavares, e o presidente da Junta de Valpaços, o socialista José Mimoso.

O eleito do PS tem levantado várias vezes a questão da “má qualidade” da água. “Sabe a lodo”, especificou, em declarações ao Semanário TRANSMONTANO, José Mimoso, que atribui responsabilidades à Câmara. O socialista garante que a Câmara está a “injectar”, na rede de abastecimento, água da antiga captação, para diminuir a factura paga às Águas de Trás-os-Montes e que é essa mistura que está a provocar o mau sabor da água. Até à data de fecho desta edição, não foi possível ouvir o presidente da Câmara de Valpaços sobre a acusação.


in: Semanário Transmontano

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Mudança de hora



Os relógios vão atrasar 60 minutos na noite de sábado domingo, dia 31 de Outubro, altura em que entra em vigor a chamada Hora de Inverno.

A mudança ocorre à 1 hora de domingo, altura em que os relógios deverão atrasar uma hora, passando para as 00,00 horas (meia noite).

A mudança da hora deve-se a uma directiva comunitária que determina que os países da União Europeia devem entrar na hora de Verão no último domingo de Março e adoptar a hora de Inverno no último domingo de Outubro, independentemente do fuso horário em que se encontrem.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Projecto Afectos comemora 3.º Aniversário

Cerca de duzentas pessoas participaram na festa, que comemorou o aniversário de um projecto de solidariedade sob o avalo da autarquia valpacense que tem cada vez mais “adeptos".

Nasceu em 2007 e não tem mãos a medir, pois os idosos que aderem ao projecto, gostam, ficam e passam a palavra. “Mudou a minha vida” dizem muitos dos participantes que outrora fechavam-se em casa e sem companhia iam passando os dias.

Sob a tutela da Câmara Municipal de Valpaços, o “Afectos” ganhou vida e expressão e, ao contrário de muitos projectos que esmurecem, tem ganho cada vez mais admiradores e gente da terceira idade que não se quer render à solidão.

Com actividades semanais que não se restringem apenas à sede de concelho, mas vão de encontro aos idosos de vários pontos do concelho, os chamados núcleos de Lebução, Carrazedo de Montenegro e Veiga de Lila, e com vontade de alargar-se, o Afectos tem na sua génese proporcionar uma melhor qualidade de vida aos idosos, sobretudo, os que vivem sozinhos, sem retaguarda familiar e em condições, em muitos casos, abaixo do limiar da pobreza. Combater, sobretudo, o isolamento social, é a grande meta numa altura em que “os laços de vizinhança são cada vez mais fracos e a entre-ajuda não tem mais o significado de outros tempos. A vida quotidiana de hoje não é mais compatível com o tempo dedicado aos idosos. E é por eles, que sentem na pele esta mudança de comportamentos e atitudes por parte da sociedade, que concentramos a nossa acção”.

Várias actividades recreativas e de lazer preenchem o dia-a-dia dos quase duzentos idosos que integram o projecto. Desde acções de esclarecimento, aulas de ginástica e de pintura, croché, bordados, escultura e vários passeios, tudo é pouco quando se misturam beneficamente trabalho e lazer. Que o digam os vários técnicos e voluntários que imprimem em cada actividade um pouco de si. Aliás, bastam alguns minutos com os grupos para perceber a cumplicidade e amizade entre técnicos, voluntários e idosos.

Três velas em dia de festa

No passado sábado, o Projecto Afectos comemorou três anos e o dia foi de festa. Mais de duzentas pessoas concentraram-se pela manhã, no Centro Cultural Luís Teixeira, em Valpaços, para momentos de cultura em que os idosos foram os protagonistas na interpretação de temas, peças de teatro, poemas, anedotas, entre outras.

Depois, contando com a presença do autarca valpacense, Francisco Tavares, vice-presidente do municipio, Amilcar Almeida, e presidente da Assembleia Municipal, João Mateus, o grupo participou num almoço convívio, onde não faltou o bolo de aniversário e o bailarico, acompanhado sempre da alegria e animação dos idosos.

in: Diario Atual

Valpaços Futsal Clube - Nuno Perdigão despedido

A direcção do Valpaços Futsal Clube, vem por este meio informar que Nuno Perdigão a partir do dia de hoje deixa de liderar o grupo.

Após o encontro do CD Aves e no dia de hoje, a direcção esteve reunida para discutir o seu futuro no clube, onde notou-se que o técnico não estava a ter umas atitudes adequadas perante a direcção, jogadores, sócios e simpatizantes do clube, o que levou a direcção a tomar uma atitude, que foi o despedimento do técnico.

Perante tudo isto, a direcção deseja ao Nuno as maiores felicidades, e quem sabe, um até um dia....

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Castmonte 2010



PROGRAMA :
CASTMONTE 2010 - XIV FEIRA/FESTA DA CASTANHA DAS TERRAS DE MONTENEGRO


Dia 5 de Novembro
10h30
-Abertura da Feira
10h45-Recepçao e selecção da castanha para o concurso entregue pelos produtores
12h30-Gastronómia da castanha (restaurantes aderentes)
14h30- Recepção á Comitiva Francesa vinda de Beynat
15h30-Abertura Oficial da Feira com a presença de diversas entidades
- Visita aos stands de exposição da Feira
- Magusto e prova de vinhos
20h00- Espectáculo musical
23h00- Encerramento do Pavilhão
Dia 6 de Novembro
10h00
- Abertura da feira
12h30-Gastronómia da castanha (restaurantes aderentes)
16h00- Magusto
22h00- Espectáculo musical
23h00- Encerramento do Pavilhão
Dia 7 Novembro
10h30
-Abertura da Feira
10h45- Animação de Rua
12h30-Gastronomia da castanha (restaurantes aderentes)
13h45-Concurso da castanha
16h00-Cerimonia de entrega dos prémios do concurso da castanha
16h30-Abertura do Bolo da Castanha
19h00- Encerramento da Feira

Andorra: 20 polícias e bombeiros procuram português desaparecido

À volta de 20 efetivos da polícia e dos bombeiros de Andorra estão a participar nas operações de busca do português que desapareceu no dia 11, noticia hoje a agência de notícias andorrana ANA.
De acordo com a ANA, os polícias e bombeiros estão a fazer "buscas minuciosas" na zona envolvente à residência de Armando Augusto Lopes.

A operação, coordenada por um centro de comando avançado dos bombeiros, centra-se em vários caminhos e matas próximos do local onde o português foi visto pela última vez.

A polícia já fez saber que as buscas vão prosseguir nos próximos dias e que não descarta nenhuma hipótese, continuando a pedir a colaboração dos cidadãos.

António Augusto Lopes é natural de Tinhela, Valpaços, e reside em Andorra há 20 anos.

O português tem 49 anos, mede 1,70 metros, pesa 80 quilos e é de constituição forte e cabelo grisalho.


in: Diário Digital / Lusa

sábado, 23 de outubro de 2010

Fim de Semana Desportivo - Jogos das equipas do Concelho

Este fim de semana disputa-se mais uma jornada desportiva.

Futsal:
Campeonato Nacional da 3ª Divisão Série A


Valpaços FC vs D. Aves (23/10 pelas 16h, Pavilhão EB 2+3)


Futsal Feminino:
Campeonato Distrital AFVR


AD Flaviense vs CP Vilarandelo (24/10 pelas 17.30h em Chaves)


Futebol Sénior:
Campeonato distrital da AFVR - Divisão de Honra


GD Valpaços vs Lobrigos (24/10 pelas 15h, Complexo Desportivo)


Campeonato distrital da AFVR - 1ª Divisão

Pegarinhos vs Terras de Montenegro ( 24/10 às 15h em Pegarinhos - Alijó)


Futebol Junior:
Campeonato Distrital da AFVR

Valpaços vs Alijoense (23/10 pelas 15h, Complexo Desportivo)

Andorra: Emigrante português desaparecido

Um português de 49 anos, residente em Andorra, está desaparecido desde o dia 11. A polícia pediu a colaboração dos cidadãos para o encontrar, indica esta sexta-feira a agência de notícias do principado, ANA.

"A polícia pede a colaboração dos cidadãos para encontrar um homem de 49 anos, de nacionalidade portuguesa, e que está desaparecido desde 11 de Outubro", lê-se.

De acordo com a polícia, os familiares do português denunciaram o seu desaparecimento depois de terem estado vários dias sem notícias dele.

As investigações preliminares permitiram saber que o português foi visto pela última vez a sair do local onde residia, um hotel em Escaldes-Engordany.

Armando Augusto Lopes, natural de Tinhela, Valpaços, reside em Andorra há 20 anos, mede 1,70 metros e pesa 80 quilos.

A polícia já comunicou à Interpol o seu desaparecimento e disponibilizou uma linha telefónica para receber informações dos cidadãos.
in: Correio da Manhã

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Autarquia ajuda jovem a concretizar sonho de ter casa


Há 21 anos um acidente provocou um verdadeiro terramoto na sua vida e colocou-o numa cadeira de rodas. Desde então, a luta de José Luís Dias foi ter uma casa que lhe permitisse alguma independência. O sonho tornou-se realidade graças à ajuda de particulares e também da Câmara Municipal de Valpaços.

Depois de ter ficado numa cadeira de rodas, após um acidente na madrugada de 11 de Fevereiro de 1989, José Luís Dias, de Carrazedo de Montenegro, viu agora um sonho concretizado. Uma casa sem barreiras físicas, que permitem circular de um lado para o outro. Graças ao apoio de particulares e autarquia valpacense, José Luís pôde comemorar o aniversário numa casa que lhe deu outra alegria para viver.

Com 22 anos e uma vida pela frente viu-se, numa cadeira de rodas, entre quatro paredes, sem poder mover-se para onde e quando quisesse. Durante cerca de 8 anos viveu isolado do mundo, num quase “viver por viver”, procurando um sentido para a vida. “Foi como se tivesse vindo um terramoto e tivesse deitado tudo ao chão. Tive de reconstruir tudo de novo”, comentava José Luís, que perdeu os amigos, ou porque ele deixou de poder sair e deixou de comunicar, ou porque eles também o deixaram de procurar.

Após um tempo que parecia não ter fim em casa, o Zé Luís, como habitualmente o tratam, ingressou na Escola EB 2/3 José dos Anjos, onde actualmente é Auxiliar de Acção Educativa.
Há cerca de 9 anos que trabalha na biblioteca daquela instituição de ensino. Da sua rotina diária fazia parte, até à semana passada, um ritual que deixa qualquer um desolado. A mãe, de 73 anos de idade, com quem vive, estendia várias passadeiras em mais de uma dezena de degraus que separavam o quarto de José Luís da porta de entrada da casa. Tinha uma cadeira de rodas no cimo das escadas e outra, mais velha, no fim. Sozinho, com as dificuldades que a pouca mobilidade do corpo lhe permitem, descia e subia “meio arrastado” aquilo que mais parecia “uma montanha”. Mas uma expressão já é mais que conhecida da boca de José Luís: “Quando as coisas não se adaptam a nós, temos de ser nós a adaptar-nos”.

Depois de lhe ter sido oferecido o terreno para que pudesse ver concretizado o sonho de construir uma casa rasteira, adaptada às suas necessidades, há alguns anos que esperava o “resto”, pois como único sustento da casa não lhe era concedido empréstimo bancário.
A Câmara Municipal de Valpaços providenciou o projecto e passado algum tempo surge na vida do carrazedense o Sr. Almeida, assim ficou conhecido por terras de montenegro, que ofereceu o dinheiro para pagar a mão-de-obra na construção da casa, enquanto a autarquia ofereceu o material.

No dia da inauguração, no passado domingo, 10 de Outubro, foram vários os amigos do Zé Luís que se reuniram para partilhar um momento único, para além de festejar o seu 43.º aniversário.
Pondo de parte o humor a que já habituou com quem convive, José Luís emocionou todos ao agradecer mais um sonho concretizado: “Tive uma vida até aos 21 anos. Outra até aos 43. Esta é a minha terceira vida”.

Antes de se cantarem os parabéns, o autarca valpacense, Francisco Tavares, salientou a coragem e a paciência do Zé Luís ao longo de todos os anos de espera. “Esta é a verdadeira obra de interesse social”, concluiu Francisco Tavares agradecendo todos os que tornaram possível o sonho do José Luís.



O Principal - Desporto

Saiu no dia 19 de Outubro o nº 0 do novo "mini jornal" O Principal - Desporto.

Este será um informativo desportivo semanal que irá conter toda a informação desportiva da região.

Este novo informativo será sem dúvida uma mais valia em termos desportivos para os amantes do desporto.

De salientar que será Gratuito e estará num cafe perto de si.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Valpaços de fora do PIDDAC


O Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central, o chamado PIDDAC, volta a penalizar a região no Orçamento de Estado para 2011.

No distrito de Vila Real, Murça, Santa Marta de Penaguião, Mondim de Basto, Ribeira de Pena, Valpaços, Boticas e Montalegre ficam fora do PIDDAC.

Os quase cinco milhões atribuídos pelo Governo, menos dois milhões e duzentos mil euros que em 2010, são distribuídos pelos restantes.

A maior fatia vai para os concelhos de Chaves, Peso da Régua, Vila Real e Alijó, que consomem quase 94 por cento da verba.

No concelho flaviense está prevista a criação de uma loja do cidadão.

Na Régua, a remodelação do Palácio da Justiça e a valorização e modernização do cais fluvial.

Na capital de distrito, o dinheiro disponível vai ser gasto nos novos blocos de laboratórios da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, bem como em trabalhos de remodelação e conservação de edifícios.

Em Alijó vai ser beneficiado o cais fluvial do Pinhão.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Mundo da música - Notícias

Rakell - Descubra a brasileira que revolucionou o Reggae da Jamaica, em poucos meses saíu do anonimato e chegou ao nº 1 dos Tops.

Quem é a Rakell??
Rakell é uma cantora Brasileira, de 22 anos, que já morou na Espanha e agora reside na Jamaica. Ela é uma mistura de 3 estilos… o balancé brasileiro, a sensualidade latina e a energia da música Jamaicana

Como preferes ser conhecida..como cantora.. apresentadora…ou modelo??
Cantora, cantora e cantora!!!! Hahahha, entre outras coisas eu sei fazer…

Quais são as tuas influências?

Vem de todos os lugares, cantores Brasileiros como Ivete Sangalo, Timbalada, Caetano Veloso…, Cantores Jamaicanos como Bob Marley, Diana King, Tami Chynn… e Cantores internacionais como Beyonce, Shakira…

Quais são os teus projectos futuros?

Estamos a trabalhar no meu primeiro disco, que estará pronto em Dezembro de 2010. O meu grande projecto futuro sera lancar meu trabalho no mundo inteiro.

Quem produziu e participou no teu primeiro disco?

O meu disco esta sendo produzido por diferentes productores Jamaicanos como Caspa Productions, UIM Productions, Sly and Robbie Productions… Esperamos poder ainda contar com as participações no disco de músicos como o Sean Paul, Beenie Man, Bounty Killer entre outros…

Em poucas semanas chegaste ao 1º lugar do Top Reggae, a frente de outros grandes nomes do reggae mundial, o que significa isso para ti??

Estou muito feliz por ter chegado e permanecido durante 1 mes no 1 lugar. Isso significa que as pessoas estão a aceitar o meu trabalho e que gostam do vídeo, isso é muito bom para mim, porque o meu estilo não é o tipico daqui. Este receio deixou-nos inicialmente preocupados pela possibilidade de não ser aceite. Mas graças a deus estou a ser muito bem recebida. So falta agora ver com o segundo single, e veremos se as coisas correm tão bem como o primeiro!

Estas a preparar um digressão nos próximos meses na Europa, queres falar sobre isso?

Claro que sim, estamos a estudar a possibilidade de participar em varios festivais pela europa, em Portugal, Alemanha, Espanha, Itália e na Inglaterra… O objectivo passa pela divulgação do meu trabalho fora da Jamaica. Estou muito ansiosa, não vejo a hora de levar meu “swingue” para Europa… hahahhaha.

Como é que podes descrever a tua actuação ao vivo?

Eu adoro dar concertos, adoro cantar ao vivo e interagir com o público. Eu adoro por todo o mundo à dançar e vê-los a reacção dos fãs nas actuações durante os concertos. Isso faz dar ainda mais de mim em palco e retribuo com ainda mais energia … mas para tirar qualquer dúvida que ainda persista nada melhor que vir assistir a um espectáculo e vejam por vocês mesmos! hahahahha

Que mensagem queres deixar aos fãs Portugueses?

Meus queridos fãs portugueses!!!! Prometo que em breve vou estar ai para que os meus fãs não parem de dançar!!! Vai ser a primeira vez que eu vou estar no vosso país, mas estou plenamente segura que vocês vão adorar e que vou ser muito bem recebida. Aproveito ainda para agradecer todos aqueles que me apoiam e acreditaram no meu trabalho!!! Beijos e muito amor! Até breve!

Energia solar para aquecer Piscinas


Projecto será colocado em prática em 2011


O aproveitamento da energia solar térmica para aquecimento das duas piscinas municipais vai ser a opção da autarquia de Valpaços para 2011. O projecto está orçado em cerca de 600 mil euros e as obras deverão arrancar já no próximo ano.

Esta beneficiação amiga do ambiente surge numa altura em que foi batido o recorde de afluência de pessoas à piscina municipal descoberta, neste Verão. O presidente da Câmara de Valpaços, Francisco Tavares, referiu essa mesma realidade. “Por dia, as instalações chegaram a ser frequentadas por cerca de 400 pessoas”, o que se reflecte o interesse cada vez maior da população por este tipo de equipamentos de lazer”.


in: A Voz de Trás os Montes

domingo, 17 de outubro de 2010

Resultados Fim de Semana

Futsal:

3ª Divisão Nacional

Amigos de Cerva - 5 vs Valpaços FC - 6

A turma orientada por Nuno Perdigão está em 3º lugar na tabela classificativa com 6 pontos em 2 jogos.

Futsal - Feminino AFVR

CP de Vilarandelo - 5 vs Hóquei Flaviense - 1

A turma orientada por Patrick Couto está em 1º da tabela classificativa com 3 pontos em 1 jogo.



Futebol:

Divisão de Honra da AFVR

Vidago - 4 vs GD Valpaços -2

A turma orientada por Carlos Guerra está em 9º na tabela classificativa com 7 pontos em 6 jogos.

1ª Divisão da AFVR

Terras de Montenegro - 0 vs Vilar de Perdizes - 2

A turma orientada por Gilberto está no último lugar da tabela classificativa, 10º, com 0 pontos em 3 jogos, o Terras de Montenegro tem menos um jogo.

Juniores da AFVR

Régua - 7 vs GD Valpaços - 0

A turma orientada por Pedro Cerdeira está em 11º lugar na tabela classificativa com 0 pontos em 2 jornadas.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Fim de semana desportivo

Este final de semana disputa-se mais uma jornada desportiva.

Futsal:

O Valpaços FC jogárá a 2ª jornada do Campeonato Nacional da 3ª Divisão Série A estando à partida para esta jornada em 3º lugar com 3 pontos.

Amigos de Cerva vs Valpaços FC (16/10 pelas 18h em Cerva)

Futsal Feminino:

A Casa do Povo de Vilarandelo irá jogar a 1ª jornada do Campeonato Distrital de Futsal Feminino da AFVR.

Casa do Povo de Vilarandelo vs Hoquei Flaviense (16/10 pelas 16h em Vilarandelo)

Futebol Sénior:

O GD Valpaços irá jogar a 6ª jornada do Campeonato distrital da AFVR - Divisão de Honra estando à partida para esta jornada em 7º lugar com 7 pontos.

Vidago vs GD Valpaços (17/10 pelas 15h em Vidago)


O Terras de Montenegro irá jogar a 3ª jornada do Campeonato distrital da AFVR - 1ª Divisão estando à partida para esta jornada em 10º lugar com 0 pontos e menos 1 jogo disputado

Terras de Montenegro vs Vilar de Perdizes ( 17/10 às 15h em Carrazedo de Montenegro)

Futebol Junior:

O GD Valpaços irá jogar a 2ª jornada do Campeonato distital de Juniores da AFVR estando à partida para esta jornada no 10º lugar com 0 pontos.

Régua vs Valpaços (17/10 pelas 10h na Régua)

Vilarandelo - Equipa Feminina Inicia Campeonato

A equipa feminina de futsal da Casa do Povo de Vilarandelo inicia amanhã, sábado, o campeonato distrital da Futsal Feminino. A turma orientada pelo experiente atleta Patrick Couto, tem pela frente 18 exigentes jornadas, de salientar qua na época transacta a 1ª época a disputar este campeonato a turma de Vilarandelo terminou num excelente 5º lugar. Nesta época terão pela frente 8 equipas, são elas, Alves Roçadas (Vila Real), AD Flaviense (Chaves), Diogo Cão (Vila Real), Hoquei Flaviense (Chaves), Amigos de Cerva, Vilarelho, Casa do Benfica de Vila Pouca e Trêsminas.


A 1ª jornada será a seguinte:

Alves Roçadas vs Tresminas (Sábado, 17h)
Benfica Vila Pouca vs AD Flaviense (Domingo, 17.30h)
Vilarandelo vs Hóquei Flaviense (Sábado, 16h)
Vilarelho vs Amigos De Cerva (Sábado, 19h)


Valpaços Online Rádio deseja um bom campeonato à Casa do Povo de Vilarandelo

Mundo da Música - Notícias

Super Bock em Stock: organização anuncia os primeiros nomes


Janelle Monáe, Owen Pallett, Lula Pena, Adam Kesher e Jono McCleery actuam de 3 a 4 de Dezembro em Lisboa



A organização do Super Bock em Stock anunciou os primeiros nomes para a terceira edição do festival.

A norte-americana Janelle Monáe, o canadiano Owen Pallett, a portuguesa Lula Pena, os franceses Adam Kesher e o inglês Jono McCleery actuam em Lisboa nos dias 3 e 4 de Dezembro, divulgou a promotora Música no Coração esta quinta-feira.

Tal como nos anos anteriores, os concertos voltam a decorrer na Avenida da Liberdade em salas a anunciar em breve. O passe para os dois dias de música será vendido pelo preço único de 40 euros.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Mundo da Música - Notícias

Lady Gaga e Beyoncé entre as 10 mais poderosas

Lady GaGa e Beyoncé estão entre as 10 mulheres mais poderosas do mundo, de acordo com a revista Forbes, que elegeu Michelle Obama, esposa do Presidente dos Estados Unidos, como a mulher que mais poder tem em todo o mundo.

Lady GaGa é a sétima mulher mais poderosa do mundo, enquanto que Beyoncé está em nono lugar.

Com 24 anos, GaGa é a mulher mais nova da lista das 100 mais poderosas.

Entre os 10 primeiros lugares da tabela estão ainda a apresentadora de televisão Oprah Winfrey (3º lugar), a chanceler alemã Angela Merkel (4º lugar) e a também apresentadora de televisão Ellen DeGeneres (10º lugar).

Segundo as explicações da revista, a escolha este ano foi feita com base em “influência criativa” e capacidade “empreendedora”, em detrimento da valorização de “títulos e papéis” de cariz tradicional.

Beira Mar em Mirandela

A turma aveirense irá estar em Mirandela no domingo para defrontar a equipa local num jogo a contar para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal

O Jogo com esta equipa primodivisionária será às 15h no estádio de São Sebastião.

Este é um bom jogo para quem gosta de futebol poder ver uma equipa da liga maior do futebol português.

Transporte escolar: ANMP reclama pagamento de despesas

A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) afirma que os 300 euros que o Governo paga por cada aluno para o transporte escolar não chegam para todas as despesas, uma vez que até há crianças que estão a ser transportadas de táxi.
«O Ministério da Educação assumiu que suportaria os custos efectivos dos transportes escolares dos alunos provenientes das escolas encerradas», afirmou o responsável da ANMP pela área da Educação, António José Ganhão, em declarações à TSF.


Num ano marcado pelo encerramento de centenas de escolas, a ANMP pede ao Ministério da Educação o pagamento de todas as despesas com o transporte de crianças, mas o Governo diz que as direcções regionais de Educação já se encontram a celebrar acordos com dois terços das autarquias envolvidas, no âmbito do protocolo celebrado entre a tutela e a ANMP.

A Câmara Municipal de Valpaços, em Vila Real, recusou-se a providenciar o transporte para as suas crianças, uma vez que está contra o encerramento de quatro escolhas na região. O autarca, Francisco Tavares, afirma que o Ministério está a encarregar-se do transporte desses 30 alunos.


in: Diário Digital

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

GNR apreende plantação de cannabis em terreno de septuagenária

O Posto de Valpaços do Destacamento Territorial da GNR de Chaves anunciou hoje a apreensão de uma plantação com cerca de 50 pés de cannabis na localidade de Possacos, no concelho de Valpaços.

Os elementos desta força policial descobriram a plantação de cannabis num terreno da aldeia no âmbito de uma investigação em processo-crime que têm levado a cabo relativamente a um furto.

O terreno onde se encontravam as plantas é propriedade de uma senhora de 75 anos que referiu que «a plantação era do seu filho que, na altura, lhe disse que eram plantas para chá», adiantou fonte da GNR.

As plantas foram apreendidas, a mãe e o filho notificados e identificados e o caso foi remetido para o Tribunal Judicial de Valpaços.
in: Diário Digital

DANCE MUSIC

DAS 0H ÀS 3H

DANCE E TRANCE OS RITMOS QUE PASSAM AQUI

SÃO 3 HORAS NON STOP MUSIC

OS RITMOS DOS MELHORES DJS

PELA NOITE DENTRO

O RITMO CALMO E DESCONTRAIDO DA NOITE

SÃO 2 HORAS DOS MELHORES SONS

22H ÀS 0H

NOITES IN LOVE

Das 20h às 22h

Tente não se apaixonar por estas 2 horas cheias de música

Noites in love o programa certo para pessoas apaixonadas


Valpaços Online Rádio

FINAL DE TARDE

Com o aproximar da noite é sempre bom ficar numa boa companhia

Fique conosco nestas 2 horas cheias de bons sons

18h às 20h

40 +

De Segunda a Sexta das 16h às 18h

As 40 mais tocadas por toda a Europa


Valpaços Online Rádio - A tua música passa aqui

Hora de Almoço

Fique na companhia do melhor dos ritmos em Português


De Segunda a Domingo das 12.30h às 14h


Saboreie o melhor ritmo musical

RECORDAR

Os melhores sons dos anos 70, 80 e 90.

Recordar é o programa que o faz voltar à sua juventude.

De segunda a sexta das 14h às 16h.


Valpaços Online Rádio - De Valpaços para todo o mundo

O FADO E A GUITARRA

De Segunda a Domingo das 8h às 9h e das 12h às 12.30h.

O melhor fado e as melhores guitarradas passam tambem por aqui.

Valpaços Online Rádio - Aqui a música não pára.

BOM DIA VALPAÇOS

O Seu programa da manhã com a melhor música portuguesa.

De Segunda a Domingo das 9h às 11h

De Valpaços para todo o mundo.... BBBBOOOOOOMMMMMMM DDDDIIIIIIIIIIIIAAAAAAAA

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Os Valpacinhos alcançaram 2º lugar em Boticas

Realizou-se na terça-feira de manhã, no Complexo Desportivo de Boticas, um Torneio de Futebol no escalão de Traquinas, (7 a 8 anos), organizado pelo clube local, com a participação de quatro equipas: Gd Boticas, Juventude Pedras Salgadas, Escola de Futebol "Os Valpacinhos" e o Gd Chaves.

A equipa flaviense, com três vitórias, foi a vencedora do torneio, enquanto Boticas e Valpaços, com os mesmo pontos e ambas as equipas com os mesmos golos marcados e sofridos, repartem o segundo lugar, seguindo-se o Pedras.

Uma manhã em que os jovens atletas aproveitaram para fazer o que gostam, num ambuente de boa camaradagem.


RESULTADOS

Gd Boticas 5-1 Juventude Pedras Salgadas
"Os Valpacinhos" 0-3 Gd Chaves
Gd Chaves 4-0 Juventude Pedras Salgadas
Gd Boticas 0-0 "Os Valpacinhos"
Juventude Pedras Salgadas 2-5 "Os Valpacinhos"
Gd Boticas 0-4 Gd Chaves
in: Voz de Chaves

Autarquia comemora Centenário da República

A Câmara Municipal de Valpaços abriu as portas no feriado nacional de 5 de Outubro, para comemorar um marco histórico que mudou o rumo do país, há cem anos atrás.

Ás 10 horas da manhã, em ponto, hasteava-se a Bandeira da Nação Portuguesa, nos Paços do Concelho, ao som do Hino Nacional, interpretado pela Banda Municipal de Valpaços. O acto foi presenciado por alguns populares, mas também por vários presidentes das juntas de freguesia do concelho, membros e presidente da Assembleia Municipal, João Mateus, autarca valpacense, Francisco Tavares, vice-presidente da autarquia, Amílcar Almeida, e vereadores do município.

Seguiu-se, no salão nobre, uma sessão solene para lembrar à população o 5 de Outubro de 1910, dia em que se comemora a Implantação da República em Portugal.

Francisco Tavares, que já habituou os valpacenses a verdadeiras lições de história, “justificou” a presença de António Montalvão Machado, Deputado da Assembleia da República, eleito pelo PSD, pelo círculo de Vila Real, que entretanto recebera nos Paços do Concelho.

O Presidente da Câmara Municipal de Valpaços referiu que “como na República, a Monarquia teve os seus aspectos positivos e negativos”. Francisco Tavares fez alusão a dados históricos do país na altura da transição do período monárquico para o republicano, referindo homens do concelho valpacense que contribuíram para o despoletar de acontecimentos que levaram a essa mesma transição. O autarca fez questão de sublinhar a importância de “termos presentes na nossa memória a nossa história”.

Lembrou, por exemplo, o valpacense Manuel Buiça, natural de Bouçoais, que é uma das mais importantes figuras ligadas à República, bem como do golpe que ditou o fim da monarquia em Portugal. Manuel dos Reis da Silva Buíça nasceu em 1876 e foi o regicida que alvejou o rei D. Carlos.

Novo Programa - Horóscopo - Previsão Semanal

Agora pode saber a sua previsão Semanal do Horóscopo, todos os dias às 10h, 13h, 17h e 21h a previsão semanal com Cristina Candeias, são 15 min com todas as previsões para a sua semana.

A astróloga Cristina Candeias apresenta as previsões astrológicas semanais para cada um dos signos do zodíaco.

Mais um programa de seu interesse com carimbo VALPAÇOS ONLINE RÁDIO.

GD Valpaços vence Atei

O Grupo Desportivo de Valpaços venceu ontem o Atei por 3-1 num jogo em que começou a perder e conseguiu dar a volta ao resultado. De salientar que o GD Valpaços subiu para a 7ª posição da tabela classificativa com 7 pontos frutos de 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas.




Em juniores o GD Valpaços, orientado por Pedro Cerdeira, não começou da melhor forma o campeonato distrital de juniores perdendo no seu reduto por 2-1 com o Diogo Cão. A turma valpacense esteve a vencer ate bem perto do intervalo, a equipa forasteira como equipa mais experiente nestas andanças conseguiu dar a volta ao resultado.

domingo, 10 de outubro de 2010

3ª DIVISÃO DE FUTSAL ARRANCOU ONTEM

Teve ontem início o nacional da 3ª divisão de Futsal, na sua estreia nestas andanças a formação orientada por Nuno Perdigão, Valpaços FC, venceu categóricamente a formação do Gualtar por 5-1. A equipa forasteira adiantou-se no marcador a passagem do minuto 10, a turma valpacense passado alguns minutos consegue a igualdade indo assim o jogo para intervalo com um empate a 1. Veio a segunda parte de alta qualidade do Valpaços FC conseguindo marcar mais 4. Esta foi sem dúvida uma excelente vitória dado que é sempre bom começar o campeonato a vencer.

Aqui ficam os resultados da 1ª jornada:

Contacto 4-0 Mondim de Basto
Fundação MC 4-1 CF Nogueirense
Piratas de Creixomil 6-5 Paredes
Macedense 7-4 CCDAT EPB
Valpaços Futsal 5-1 Gualtar
C. Ansiães 6-1 Amigos De Cerva
Ambos os Rios 4-8 Desp. Aves

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Desporto: Nacional de Futsal da 3ª Divisão tem pontapé de saída marcado para sábado

Começa este final de semana o Campeonato Nacional de Futsal, a equipa do Valpaços FC irá defrontar no pavilhão da Escola EB 2, 3 de Valpaços a formação do Gualtar na sua estreia em campeonatos nacionais.

Aqui fica a 1ª jornada desta divisão:
Contacto vs Mondim
Fundação MC vs CF Nogueirense
P. de Creixomil vs Paredes
Macedense vs CCDAT EPB
Valpaços FC vs Gualtar
C. Ansiães vs Amigos Cerva
Ambos os Rios vs D. Aves

No que toca ao Futebol 11 a turma orientada por Carlos Guerra defronta o Atei num jogo a contar para a 5ª Jornada da Divisão de Honra da AFVR. A equipa valpacense ocupa o 11º posto com 4 pontos.

Aqui ficam os jogos da 5ª jornada:
Fiolhoso vs Pedras Salgadas
Vila Real vs Abambres
S. M. Penaguião vs GDC Salto
Valpaços vs Atei
Régua vs Vidago
Alijoense vs Lobrigos
Sabroso vs Montalegre
Ribeira Pena vs Murça

Tem também início o campeonato distrital de juniores, a turma valpacense jogará no seu reduto frente ao Diogo Cão às 15h de Sábado.

Aqui ficam os jogos da 1ª jornada:
Fontelas vs Régua
Pedras Salgadas vs Chaves
Sanfinense vs Vila Real
Vidago vs Mondinense
Alijoense vs Ribeira Pena
Valpaços vs Diogo Cão

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Mantida prisioneira na própria casa por “ciúme”



Marido da alegada vítima já foi ouvido e vai aguardar julgamento em liberdade

A GNR de Carrazedo deteve um homem de 52 anos que terá agredido sistematicamente e mantido a mulher em regime de quase clausura vários anos, na aldeia de Argemil, Valpaços. Os vizinhos falam em ciúme doentio. Até julgamento, o casal vai permanecer debaixo do mesmo tecto.

Na quinta-feira da semana passada, uma investigação da GNR de Carrazedo de Montenegro levou à detenção de um homem de 52 anos suspeito de agredir a mulher e de a manter em sequestro na própria casa, através de um esquema de segurança que o próprio montou.

Na busca à residência, os militares acabaram também por apreender duas armas, uma caçadeira e uma carabina, que o suspeito utilizaria para ameaçar a esposa.

Ao que foi possível apurar, para impedir que a mulher saísse de casa, António Martins, operário da construção civil de 52 anos, tinha cadeados ou arames colocados nas portas e portões exteriores da casa. Além disso, colocaria pequenas pedras no gradeamento dos portões, que cairiam se os mesmos fossem abertos, denun-ciado, assim, a mulher, caso conseguisse abrir alguma das portas.

No interior da habitação, a mulher também estaria proibida de vir à janela e à sacada.

Ao que foi possível apurar, algumas testemunhas ouvidas pela GNR no seio da investigação terão revelado inclusivamente que os estores da casa não eram abertos há anos. Ao quintal e aos anexos onde cria coelhos, a mulher só poderia ir quando o marido estava em casa.

Ao que foi possível apurar, os maus-tratos já se prolongarão há vários anos. No entanto, a situação ter-se-á agravado há cerca de 4 anos, altura em que os filhos do casal terão emigrado. Terá sido a partir dessa altura que António terá passado a aprisionar a esposa.

Na aldeia, toda a agente estranharia o facto de não ser vista na rua, mas ninguém se terá querido “meter ao barulho”. “Sabe como é, ninguém gosta de se meter nesses assuntos”, disse, ao Semanário TRANSMONTANO, um habitante que preferiu manter anonimato.

Quanto às motivações de António, a tese que vinga é a de um ciúme doentio, cuja razão ninguém sabe explicar. “O que se consta é que ele não quer que ela fale com ninguém, nem que se ria para ninguém. Coitada, enche-a de nomes!”, revelou um morador.

O alegado agressor foi ouvido no próprio dia da detenção. O juiz que o ouviu para primeiro interrogatório judicial aplicou-lhe como medida de coação apresentações periódicas na GNR de Carrazedo. Até julgamento, vítima e agressor terão, assim, de conviver debaixo do mesmo tecto.



Foto:A casa onde, alegadamente, o detido mantinha a mulher aprisionada



in: Semanário Transmontano

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Taça de Portugal - VALPAÇOS FC 4-8 Póvoa Futsal

No dia 2 de Outubro de 2010, realizou-se no Pavilhão da Escola EB2'3 de Valpaços, com a bancada completamente cheia de adeptos, a 1º Eliminatória da Taça de Portugal de Futsal, entre o VALPAÇOS FC e o Póvoa Futsal, equipa de 2º Divisão.

Já se esperava um encontro muito dificil para equipa Valpacense, tendo em conta que a equipa adversária é uma equipa que vive praticamente do futebol, enquanto a equipa Valpacense luta por amor a camisola.

Neste encontro o VALPAÇOS FC não contou com André Ervões devido a lesão, Diogo Moutinho e Teixeira devido a castigo, Carlos Silva devido a trabalho e Marco devido a lesão apesar da presença dele no banco de suplentes.

Na primeira parte o VALPAÇOS FC entrou no encontro bastante bem, falhando algumas oportunidades de golo e jogando bastante bem, chegando ao intervalo com o resultado de 1-2.

A segunda parte o VALPAÇOS FC entrou bastante nervoso sofrendo logo dois golos no inicio, deixando assim algum jogadores com pouca esperança, o que dificultou a equipa Valpacense dar a volta ao resultado, acabando assim o encontro por 4-8.

Apesar do resultado, a equipa Valpacense demonstrou ser uma equipa perigosa e de ser capaz de fazer um bom trabalho na 3ª Divisão Nacional de Futsal.

A direcção após o encontro deu os parabéns a equipa e agradeceu a colaboração dos Valpacenses no apoio a equipa.


Semana Mundial do Aleitamento Materno



Na semana de 4 a 10 de Outubro decorrerá, no centro comercial Dolce Vita, a Semana Mundial do Aleitamento Materno. A Semana contará com uma exposição permanente e o aconselhamento diário sobre como e porque deve amamentar o seu bebé.
A sessão de abertura terá lugar no dia 4 pelas 17h00, seguindo-se a actuação de diversas tunas académicas. Ao longo da Semana seguir-se-ão diversos workshops sobre o tema, incluindo o de “Mitos e crenças da amamentação”, todos eles têm como objectivo maior o de desvanecer qualquer dúvida dos presentes. Esta Semana conta ainda com um concurso de fotografia sobre o aleitamento onde todas as mães podem participar. O prémio para as fotografias vencedoras do concurso será entregue no dia 10, durante a sessão de encerramento.
A Câmara Municipal de Valpaços tem o prazer de apoiar este evento, e vai ver a cidade aí representada, no dia 5 pelas 21h00, pelo Grupo Cronologia dos Sons e no dia 9 pelas 17h00, pelo Grupo de Cantares de Santa Valha.


Programação - 1º Dia Emissão 24h

A partir de hoje esta será a programação da sua rádio, espero que seja do seu agrado.

0h às 3h - Dance Music - O Melhor das pistas de dança passa aqui
3h às 6h - Auto - Play
6h às 8h - Acordar
8h às 9h - O Fado e a Guitarra - Porque um fadinho sabe sempre bem
9h às 11h - Bom dia Valpaços - A música portuguesa tem lugar aqui
11h às 12h - Brazilian Beats - O Ritmo do outro lado do oceano
12h às 13h - O Fado e a Guitarra
13h às 14h - Hora de Almoço - Portugal no seu melhor
14h às 16h - Recordar - A música dos anos 70, 80 e 90
16h às 18h - As 40 mais
18h às 20h - Final de Tarde
20h às 22h - Noites in love - Tente não se apaixonar por estas 2 horas.
22h às 0h - Pela Noite Dentro

* Poderá pedir a sua música através do mail: valpacosonline@hotmail.com

Qualquer alteração será informada no nosso blog.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Centenário da Républica - Programa em Valpaços


Notícia de Última Hora

Notícia de última hora

A sua rádio irá a partir de hoje emitir 24h por dia.
Com a vontade de chegar bem longe (aos nossos emigrantes e não só), com uma emissão variada, passando pelos mais diversos tipos de músicais, nacionais e internacionais, sucessos, lançamentos, Pop, Rock e Blues. No nosso blog terá sempre imformação actualizada do nosso concelho.
Poderá também pedir a sua música preferida ou participar na nossa programação através do nosso mail ( valpacosonline@hotmail.com ).

Obrigado pela visita e volte sempre.

domingo, 3 de outubro de 2010

Mulher mantida em cativeiro há 30 anos em Valpaços

A violência é frequente desde o início do casamento, há mais de três décadas, mas ‘Maria’ prefere aguentar o sofrimento. Há cerca de dois meses, a mulher de 52 anos, residente no concelho de Valpaços, voltou a ser agredida com uma vassoura pelo marido e decidiu apresentar queixa. Na passada quinta-feira, o homem foi detido em casa com uma arma de caça ilegal. Na mesma casa onde trancava a vítima por ciúmes. O tribunal libertou-o e continuam a viver juntos.


A residência do casal passou a ser, há alguns anos, alvo de transformações. Com os dois filhos maiores de idade a viver no estrangeiro, o homem, 52 anos, operário da construção civil, decidiu impedir a saída da mulher de qualquer maneira. Não só colocou um cadeado nos portões, como deixava pedras em cima para saber se havia vestígios de movimento. Dentro de casa era igual: marcava os estores das janelas da marquise para saber se os abria.

Antes de ir para o trabalho, trancava a mulher e levava as chaves. "Sempre foi ciumento e agredia-a desde que se casaram. Agora voltou outra vez, mas parece que ainda está pior", contou ao CM uma familiar do homem.

As poucas vezes que a mulher saía de casa era para pedir ajuda quando tinha sido novamente agredida. "Uma vez chegou aqui * com a cabeça toda em sangue. Ele bate com vassouras e paus. Não sei como ela aguenta", disse outra familiar.

‘Maria’ ainda não pediu a separação, mas já pediu refúgio aos filhos. Até lá, continua a viver em Valpaços com o marido.



*Vizinhas de "Maria" conhecem as histórias de maus tratos, mas nunca presenciaram qualquer agressão. Na casa o portão está fechado a cadeado

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Detido por posse ilegal de armas de fogo

Um homem foi preso por elementos de Carrazedo de Montenegro do Destacamento Territorial da GNR de Chaves pela prática do crime de posse ilegal de armas. O suspeito foi detido esta quinta-feira na localidade de Argemil, concelho de Valpaços.

Num âmbito de uma investigação em processo crime, os elementos desta força policial realizaram uma busca domiciliária à residência do suspeito e apreenderam uma caçadeira de canos sobrepostos, uma carabina de pressão de ar, cartuchos e uma munição de espingarda automática.

O detido, de 52 anos, foi constituído arguido e presente ao Tribunal Judicial de Valpaços para aplicação da adequada medida de coação.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Desemprego disparou mais de 20% em 14 concelhos do Norte

O abrandamento do desemprego a Norte passou ao lado de quatro concelhos que continuavam a ver a falta de trabalho a disparar, em Julho face ao mesmo mês do ano passado. A fronteira minhota com a Galiza já tem melhores notícias, com o desemprego a cair.

Os dados foram compilados no relatório Norte Conjuntura, elaborado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte (CCDR-N) e ao qual o JN teve acesso. Montalegre e Miranda do Douro continuavam, em Julho, a reportar aumentos superiores a 35% do número de inscritos nos centros de emprego, tal como tinha sucedido no segundo trimestre do ano (Miranda está "no vermelho" ainda há mais tempo). Além dos dois, também Boticas e Penedono assistiram a um forte aumento do desemprego, em Julho.

Nestes quatro concelhos, a quantidade de pessoas afectadas pela falta de trabalho disparou acima dos 35%, mas noutros dez a subida ultrapassou os 20%, como é o caso de Mirandela e Valpaços, em Trás-os-Montes; ou de Ponte da Barca ou Paredes de Coura, no Minho; ou ainda, em Castelo de Paiva, já na Beira Litoral, e Lamego, no Douro.

Em Vila Nova de Gaia, o concelho com maior número de desempregados inscritos, a escalada continuou a fazer-se, em Julho, a um ritmo superior a 10%, tal como em Vila do Conde. A cidade do Porto também viu o desemprego crescer, as a ritmo menor, de 5%. Tal como Gondomar, Matosinhos ou a Maia.

Mas desceu noutros concelhos

O agravamento do desemprego, contudo, contrasta com o comportamento mais positivo de outras regiões. Aliás, realça a Comissão liderada por Carlos Lage, o número de concelhos cujo desemprego cresceu mais do que 20% passou de 37 no primeiro trimestre deste ano para 26 no segundo (comparando sempre com o período homólogo).

A demonstrá-lo está o mapa colorido pela CCDR-N. Desde o início do ano, os tons mais carregados de vermelho têm vindo a clarear e que as manchas a azul, onde o desemprego retrocedeu, são mais frequentes. Em Julho, Melgaço acentuou um percurso iniciado pelo menos desde o início do ano e continuava a mostrar uma descida dos desempregados superior a 20%. São João da Pesqueira também tem registado uma melhoria continuada, marcada em Julho pela redução dos inscritos nos centros de emprego.

Ainda com tons claros estão seis outros concelhos, sendo de destacar Vila Flor, em Trás-os-Montes, o coração do têxtil (Felgueiras e Guimarães) e a zona minhota de fronteira com a Galiza. Monção e Arcos de Valdevez surgem em tons de azul e o de Vila Nova de Cerveira é ainda mais acentuado.





domingo, 26 de setembro de 2010

Ainda há municípios sem transportes

As discordâncias sobre o fecho de escolas do 1.º ciclo e a transferência de alunos para centros escolares continuam a gerar braços-de-ferro entre autarcas e Ministério da Educação.
O presidente da Câmara de Valpaços, Francisco Tavares, confirmou à Lusa que a autarquia não está a assegurar o transporte de alunos de quatro localidades do concelho, por alegado incumprimento do acordado com o ministério, que previa que as escolas destas aldeias só fechassem quando estivesse concluído o novo centro escolar de Valpaços.
Os alunos estão a deslocar-se em táxis pagos pelo ministério. A comparticipação de 300 euros por aluno para transportes oferecida pela tutela também é criticada por vários munícipes.
Ontem, a ministra disse que essa verba está a ser analisada e pode ser reajustada.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Hospital de Valpaços em risco de sobrevivência

Uma guerra entre a Santa Casa da Misericórdia de Valpaços e dois sócios da empresa que gere o hospital valpacense está a pôr em risco a sobrevivência da unidade. Preocupado com a iminência do encerramento, o presidente da Câmara, Francisco Tavares, está a tentar mediar o conflito entre as partes. Perante a instabilidade, alguns médicos já terão ameaçado abandonar o hospital.

A gestão do Hospital de Valpaços está em combustão. A Santa Casa da Misericórdia, proprietária do edifício onde funciona a unidade e a entidade que detém o acordo com o Ministério da Saúde para que o hospital funcione quase como um hospital público para utentes do Sistema Nacional de Saúde, está em guerra aberta com dois dos três sócios da empresa que gere o Hospital, a Lusipaços, ligada ao grupo espanhol Cosaga. O acordo entre a Misericórdia e a Lusipaços não prevê qualquer interferência da instituição na gestão hospitalar. No entanto, a Misericórdia tem nas mãos um trunfo de gestão poderoso. Todas as verbas relativas ao pagamento das comparticipações do Estado pelos utentes do Serviço Nacional de Saúde e de outros subsistemas de saúde estatais, como a ADSE, por exemplo, são pagas à Santa Casa, que posteriormente está obrigada a transferir para a Lusipaços. No entanto, ao que foi possível apurar, a Santa Casa estará a bloquear as transferências, estrangulando financeiramente a gestão do hospital. As verbas não transferidas já ascenderão aos 800 mil euros. E, além do pagamento do vencimento dos funcionários, a falta de dinheiro também está a afectar o pagamento do serviço dos médicos, bem como às empresas fornecedoras de material clínico. Ao que foi possível apurar, algumas operações agendadas para este sábado poderão mesmo ser canceladas por falta de material. As empresas fornecedoras de lentes intra-oculares e o laboratório de sangue já terão recusado entregar mais material se as facturas em dívida não forem pagas. A situação, como confirmou ao Semanário TRANSMONTANO o director clínico, Afonso Videira, também já levou alguns médicos a “ameaçar” abandonar o hospital. Mas o alegado estrangulamento financeiro da Misericórdia não é o único factor que está a provocar o caos na gestão da unidade, que se destaca nas áreas de cirurgia oftalmológica e ortopedia. O sócio da Lusipaços, a quem, em Fevereiro passado, a Misericórdia pagou 5.500 euros pelos 33,33 por cento da sua participação na empresa (conforme um recibo de quitação a que o ST teve acesso), um negócio que acabaria por não se concretizar, apareceu subitamente. Dario Barros Martinez, que, segundo uma informação da Guardia Civil de Ourense, a pedido de localização de um juiz de um tribunal da mesma cidade, se encontrava em paradeiro desconhecido, em Julho deste ano, quer agora assumir o cargo de gerente. No passado dia 13 interpôs uma providência cautelar, já aceite, para suspender a nomeação de um gerente que, ao que foi possível apurar, tinha sido sugerido por algumas entidades da cidade, por “gozar de prestígio” e, desta forma poder apaziguar os ânimos. Em causa estava Gaspar Borges, antigo presidente da Junta de Freguesia de Valpaços. Para justificar a providência cautelar, o advogado de Dario Martinez, o mesmo da Santa Casa, António Telmo Moreira, terá alegado ilegalidades na acta de nomeação.

Contactado pelo ST, José Ignacio Lopes, o sócio maioritário, em função de uma procuração do terceiro sócio, garante que já está a contestar a providência. “Eu sei que o Tribunal me vai dar razão, o meu problema é tempo. O pacto social obriga à assinatura de dois gerentes, e com Gaspar Borges suspenso estou de mãos atadas. Não posso sequer assinar os cheques para pagar aos fornecedores. Já este sábado podem estar em causa as cirurgias que estavam programadas”, explicou. Quanto à guerra com a Santa Casa, José Ignacio fala em “sede de poder” por parte da instituição. “Eu não entendo como é que a Santa Casa apoia o sócio Dario Barros, que desde 2001 nunca mais apareceu por aqui, tem problemas com a justiça e o fisco, e não apoia Gaspar Borges, que é uma pessoa com prestígio na cidade e até é irmão da Misericórdia. Porquê?”, questiona José Ignacio, médico de formação, para concluir: “A Misericórdia quer acabar com o Hospital, mas não quer ficar com a culpa, então, está a fazer de tudo e a usar todos os meios para que pareça que a culpa é dos ‘espanhóis’”.

Quem também não percebe a postura da Santa Casa é o director clínico do Hospital, o valpacense Afonso Videira. “A Misericórdia está a pôr em causa um acordo que assinou com uma empresa espanhola que é a Cosaga e que tem gerido o hospital, apesar de alertada por mim e pelo próprio presidente da Câmara para que haja entendimento e as coisas cheguem a bom porto”. Para Afonso Videira, se não houver entendimento, “o mais provável, é que o hospital encerre”. “Espero bem que não, porque se trata de um hospital que faz imensas cirurgias oftalmológicas e ortopédicas e presta um excelente serviço à população”, defende.

O presidente da Câmara também se mostra preocupado com a situação. “É uma mais valia local e regional, com valências que funcionam muito bem. Tudo faremos para que continue e para que as partes se sentem à mesa e resolvam o conflito”.

in: Semanário Transmontano